quarta-feira, 29 de março de 2017

Artigo - Depoimento de uma quase ex ana



Por: Bruna Torres*


De acordo com o site Ig São Paulo a anorexia é a doença mental que mais mata no mundo. São milhares de casos por ano e as principais vítimas são meninas adolescentes.

Depoimento de uma quase ex ana:

“Agora eu vejo que a ana sempre esteve comigo, mas eu nunca soube que era exatamente ela.

Eu sou doente. Na verdade, estou doente, porque eu sei que um dia terei forças para sair dessa doença cruel que é a anorexia. Antes, não percebia como a ana nos destrói tanto de pouquinho a pouquinho, já que no começo a gente acredita que realmente estar feliz. Cada quilo, cada grama perdido, é como se fosse uma transição até a felicidade plena que nunca vem de verdade. Cheguei a acreditar que era apenas um estilo de vida. Documentários, psicólogos, psiquiatras e até meus familiares não poderiam me convencer do contrário. E como poderiam se eu acreditava cegamente que estava chegando perto de finalmente ser feliz com o meu corpo e comigo mesmo?

Pena que eu demorei tanto tempo para entender que anorexia não deveria ser um estilo de vida para ninguém, é totalmente doloroso comigo e com os outros a minha volta. Ainda choro todo dia, porque nunca chega a fase que estou bem comigo mesmo. Seriamente, só piora a cada noite. Durmo com vontade de ser mais magra e menos eu. Minha pele não é a mesma. Meus cabelos caem. Me sinto fraca o tempo todo. Sinto que poderia estar morta a qualquer instante. Não consigo parar…

Ninguém é feliz com ana. E se você acha que é feliz com ela, você também é doente. Você também precisa de ajuda.”


* Brunas Torres é mulher negra, feminista, estudante de exatas, escritora, administradora do TODAS Fridas.


Fonte: Portal Todas Fridas

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes