quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Estudo afirma que gays são gordofóbicos


Segundo uma recente pesquisa publicada na revista científica Psychology of Sexual Orientation and Gender Diversity, a comunidade gay masculina tem problemas com pessoas acima do peso. O estudo quantificou o perceptível preconceito contra gordos entre os homens gays e descobriu que a maior parte das vítimas nem possui de fato sobrepeso.

A primeira parte do estudo ouviu 215 homens homossexuais entre 18 e 78 anos, e revelou que 72% deles já sofreu diretamente recriminações por serem gordos – embora a maioria deles não apresentasse sobrepeso de acordo com o Índice de Massa Corporal (IMC). Outra revelação surpreendente: a maior parte deles relatou que o preconceito partiu de potenciais parceiros românticos, o que contribui para o desenvolvimento de vários tipos de distúrbio de imagem corporal.

Na continuação da pesquisa, caras héteros e gays assistiram a uma cena em que um homem com sobrepeso dava em cima de uma pessoa atraente. Ambos os grupos, na sequência, tiveram que dizer o que eles achavam que fosse acontecer.

“Os homens homossexuais relataram maior probabilidade de dizer que o homem acima do peso seria solenemente ignorado, tratado de maneira rude ou ridicularizado por trás das costas ao se aproximar do(a) potencial parceiro(a) romântico atraente”, diz o artigo.

Embora as estatísticas mostrem que a quantidade de homens gays acima do peso é menor do que de rapazes héteros e de mulheres lésbicas, o estudo mostra que o preconceito é dirigido até a pessoas na faixa de peso considerada normal. Os pesquisadores concluem que a idealização do corpo perfeito entre os homossexuais é um dos motivos para a gordofobia entre seus pares.


Fonte: Revista Super Pride

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes