terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Curso Latino-Americano Mulheres Negras e Dignidade Humana – 17 a 29 de janeiro


Mulheres negras no Brasil, no Caribe e noutros países das Américas, viveram singular trajetória marcada não só pela condição colonial, mas por sua migração forçada como escravas trazidas da África para o continente americano.

À dominação colonial e patriarcal juntou-se a radical desigualdade consagrada pela lei que suprimia todos os direitos da pessoa escrava e a submetia à total sujeição e arbítrio de seus senhores. As mulheres foram sexualmente violentadas e forçadas a gerar filhos e filhas para a escravidão. Não obstante, sobreviveram a essas violações que imprimiram em seus corpos e almas valores de resistência, preservação de sua espiritualidade e afirmação de sua dignidade.

Souberam transmitir o orgulho de sua raça; a generosa prática da partilha e da solidariedade na dor e nas necessidades e perseveraram na luta contra o racismo e as desigualdades.

A tarefa não terminou, pois persistem intoleráveis desigualdades e traços de racismo nas relações econômicas, políticas, sociais, culturais, religiosas e de gênero.

O Curso quer resgatar essa trajetória única das comunidades negras, reconhecer seus valores e reforçar suas lutas, com foco especial nas mulheres negras, em suas organizações e nas famílias que construíram com seus filhos, filhas, companheiros e vizinhança.


Objetivo

O Curso latino-americano e caribenho de Pastoral e Relações de Gênero tem por objetivo oferecer ferramentas para a reflexão das/os participantes, com o intuito de empoderá-los nas suas práticas. O curso combina diversos olhares: análise histórica, aportes bíblicos, teológicos e pastorais, sob o prisma das categorias de gênero, raça, etnia e classe social.


Metodologia

Privilegia-se a experiência de vida dos participantes. Busca-se combinar a reflexão pessoal com a do grupo, sistematizando-se as práticas de cada um e valorizando seus saberes.

Os participantes entram em diálogo com a contribuição de competentes assessorias nas diversas áreas do saber: História, Bíblia, Teologia, Pastoral, Comunicação Social, Políticas Públicas, Pedagogia da Educação Popular, entre outros.

Os diálogos e debates são resignificados com o apoio de exercícios corporais, danças circulares e momentos de espiritualidade. Visitas a casas de culto de matriz afro-brasileira, a museus e a projetos relacionados às temáticas do curso ajudarão na construção de novos conceitos, atitudes e práticas. Incentiva-se na convivência diária o diálogo inter-religioso e ecumênico.

O CESEEP e o GELEDES estabeleceram parceria para o Curso de Pastoral e Relações de Gênero de 2017, que será coordenado por responsáveis das duas instituições. Somaram, para tanto, sua experiência no campo da reflexão, da formação e de práticas de intervenção social.

Mais informações no site: http://novo.ceseep.org.br/?p=5341


Fonte: Portal Geledés / Portal do Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular - CESEEP

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes