segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Waze cria função para evitar áreas com risco de crime no Rio


Com a aproximação dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Waze preparou uma nova função para ajudar os novos turistas que vão se locomover sem necessariamente conhecer a geografia da Cidade Maravilhosa: evitar lugares de maior risco de crimes.

Julie Mossler, responsável pelo marketing global do Waze, afirmou que esse recurso foi um pedido dos próprios motoristas brasileiros: "Há três anos, nossos editores de mapas passaram a discutir como implementar a função. O desafio foi grande porque sabemos que o Rio tem centenas de favelas, mas muitas são comunidades vibrantes, com uma cultura incrível, em que as pessoas são encorajadas a explorar".

O novo recurso avisa quando o destino do usuário se encontra em um local de risco de crime, como as vielas de comunidades e outros lugares potencialmente perigosos para turistas desavisados. Essa nova função, quando ativa, também evita que o programa calcule uma rota que atravesse essas regiões.

Todas as informações que o aplicativo vai usar para definir quais áreas podem apresentar perigos para o motorista foram retiradas dos bancos de dados do Disque-Denúncia, o serviço que recebe ligações de cidadãos reportando crimes e que serve também como fonte para a própria Polícia. Assim, ao atravessar ou se aproximar de alguma dessas áreas, um ícone vermelho com um ponto de exclamação vai aparecer na tela do app. Ao todo, 25 regiões da capital carioca foram consideradas arriscadas e o Waze deve evitá-las usando esse recurso.

Veja mais informações sobre a funcionalidade no site do Tecmundo.



Fonte: Portal Catraca Livre / Portal Tecmundo

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes