segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Palestra ensina como prevenir ações terroristas


Às vésperas do início das Olimpíadas Rio 2016, tenentes do Exército vieram à Universidade de Brasília para dar orientações sobre como identificar ações terroristas e, principalmente, como agir nessas situações.

Voltadas para funcionários responsáveis pela segurança e pela manutenção, as dicas também são válidas para os demais servidores e para os estudantes da UnB. O tenente Rogério Santos ressaltou que o mais importante é que todos estejam atentos, em qualquer lugar, a ocorrências fora da normalidade, que podem vir a ser ameaças reais.

“Tudo o que vocês perceberem de diferente nos ambientes que estão acostumados a frequentar deve ser reportado a alguém da segurança do local”, afirmou Santos. O tenente ensinou uma técnica de memorização (veja quadro) de itens básicos a serem observados quando se chega a um local, que são: perceber se um objeto encontrado é típico ou atípico naquele ambiente; se ele está escondido de alguma maneira; se é ou não algo suspeito.

Santos ressaltou que não é necessário criar um clima de pânico nesse período de Olimpíadas, mas que cada um deve fazer sua parte para ajudar a identificar ações ou objetos suspeitos e a combater possíveis ataques.

“O terrorismo é um fenômeno complexo, difícil de ser combatido e erradicado. É necessário um esforço conjunto, por isso é importante que a comunidade se conscientize e passe a tomar mais cuidado, a prestar mais atenção. E, ao observar qualquer coisa que fuja da normalidade, comunicar ao agente de segurança”, reforçou o tenente do Exército. Ele deu exemplos, como uma panela de pressão abandonada na rua ou pessoas estranhas que passam a ir reiteradas vezes a um ambiente, como se fizessem um estudo do local. Tudo deve ser comunicado à segurança ou ao Disque-Denúncia, pelo telefone 190, que funciona 24 horas por dia.

O reitor interino da UnB, Luís Afonso Bermúdez, agradeceu e destacou a importância das orientações. “Somos, todos nós, responsáveis pela instituição e temos que garantir a circulação de forma adequada dos que frequentam a UnB”, disse Bermúdez.

A palestra foi realizada no auditório da Reitoria, nesta quarta-feira (3).


Fonte: Portal da Universidade de Brasília - UnB

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes