segunda-feira, 13 de junho de 2016

"Homens não querem namoradas gamers", diz melhor jogadora de Xbox do Brasil


É fato que hoje, as mulheres jogam tanto videogame quanto os homens. Sempre que o assunto surge numa conversa entre amigos ou em uma reportagem de UOL Jogos, um dos comentários mais frequentes é o de garotos que gostariam de encontrar uma namorada 'gamer'. Mas será que querem mesmo? Para Cristina "Olakristal" Santos, melhor jogadora de Xbox do Brasil, não. "Eles querem uma menina que seja jogadora casual, que sente do lado e ache bacana ver o namorado jogando".

"Os caras gostam de meninas que sentam junto, assistem, participam mas não jogam de verdade", explica. "Já reparei nisso, eles se incomodam. O cara tem que ser muito desencanado para encarar uma namorada que joga mais que ele".

Aos 29 anos, Cristina é a melhor jogadora de Xbox do Brasil, com uma invejável pontuação de 238.320 pontos no Gamescore. Além de jogar muitos games e assim acumular pontos e conquistas, Cristina é uma jogadora experiente de "Super Street Fighter IV", onde foi durante um bom tempo a nº 1 do ranking mundial com a personagem Rose. "Mas só jogava online, nunca me interessei por participar de campeonatos presenciais, com platéia. Acabei me afastando porque o pessoal insistia muito para que eu entrasse na cena competitiva".

Cristina mora em São Paulo e está noiva há quase 6 anos. Curiosamente, o noivo não joga videogame - mas deu um Xbox One para ela no lançamento do console. "Eu acho legal que as pessoas numa relação tenham gostos diferentes. Quando estou em casa com meu noivo, às vezes eu quero jogar, ele quer ler um livro ou assistir uma série, temos que respeitar o espaço um do outro", diz Cristina que confessa não sentir atração por jogadores: "O dia todo eu converso com os amigos na Xbox Live. Rolam aquelas cantadas, a 'encheção', perguntas de games... isso cansa, o gamer não é atraente depois disso tudo. Prefiro o nerd que não liga tanto pra games".


Ambiente machista

Mesmo sendo uma jogadora habilidosa, Cristina precisa lidar com comentários machistas de que "não sabe jogar de verdade" ou de que "é outra pessoa que joga no seu perfil" e coisas piores. Jogadores fazem perguntas cabeludas sobre games obscuros para provar a "ignorância" dela. É um problema comum enfrentado pelas garotas que gostam de videogames e que não acontece com os meninos.

"Fanáticos por RPG me perguntam um monte de coisa e eu não gosto do gênero, não conheço nada dos jogos. Eu tenho tantos títulos que eles nunca viram no meu perfil, mas querem tentar me expor dizendo 'ela nao sabe nada'", desabafa Cristina. "São poucos os meninos que são tranquilos, que entendem que todo mundo gosta de jogos e que qualquer pessoa pode jogar".

"Preconceito e machismo em games é uma coisa que nunca vai acabar", acredita Cristina. "Para as meninas que começam hoje, deve ser meio chato, acho que elas não sabem lidar com esses caras. Quando eu jogava 'Street Fighter', eu ligava o Xbox de manhã e meu perfil estava cheio de mensagens de pessoas me xingando. Bloqueei todos. Agora só recebo mensagem de amigo e convite para jogar".

"A melhor opção para as meninas é ignorar esses caras e não bater boca com eles. Você só tem q jogar e não precisa provar nada pra ninguém. Tenta se divertir".


Melhor jogadora de Xbox

Na Xbox Live, Cristina é conhecida como Olakristal. Entre as jogadoras brasileiras na plataforma da Microsoft, ela é quem detêm o maior placar de Gamescore, sistema que registra a pontuação de todas as conquistas feitas pelo jogador (cada game de Xbox tem, normalmente, mil pontos para conquistar). Para a jogadora, parte do sucesso está na dedicação e no tempo livre para jogar.

"Eu sou administradora de empresas e trabalho de casa", revela. "Qualquer tempo livre que tenho, eu aproveito para jogar".

Cristina joga desde pequena e passou por vários consoles, como Mega Drive, Super Nintendo e PlayStation antes de chegar ao Xbox 360, uns quatro anos atrás. "Entre o Xbox 360 e o PS3, optei pelo primeiro por alguns jogos e porque me falavam que a Live era superior para jogar online", explica Cristina, que não é fanática por uma plataforma ou outra.

"A única diferença entre os dois consoles eram os jogos exclusivos. Me interessei muito nos games multiplayer do Xbox, a conexão era melhor e eu podia conversar com as pessoas", lembra Cristina.

"Meus amigos tinham o X360, poucos tinham o PS3. Se eu pudesse teria um PlayStation 4 pelos jogos exclusivos, e um Wii U para jogar 'Bayonetta 2'".

Para alcançar a pontuação elevada no Gamescore, Cristina admite que já jogou games bem ruins, como "Hanna Montana: The Movie", apenas para conseguir algumas conquistas fáceis. "Mas eu tenho que gostar muito do jogo para 'miletar' (fazer os mil pontos das conquistas)", diz a jogadora. "Se eu terminei a campanha, eu tento me dedicar em alguns jogos para fazer tudo, outros eu termino no sufoco e não volto mais porque odiei o jogo. Um game que passei muito tempo jogando foi o "Batman: Arkham City", com a DLC da Mulher Gato, gostei bastante... estou super ansiosa pelo 'Rise of the Tomb Raider' e pelo novo 'Batman'".

As aventuras do Homem-Morcego estão entre os jogos favoritos de Cristina: "Quando eu joguei o 'Arkham City' cheguei a jogar 11 horas sem parar. Quando o 'Arkham Knight' sair, não sei como vai ficar a vida de casada", brinca a melhor jogadora de Xbox do Brasil.


Nas redes sociais

Quando pega um jogo novo, Cristina prefere jogar as primeiras horas sozinha, para curtir o momento e aprender sobre o game, antes de partir para as partidas online ou transmissões ao vivo, tão populares hoje em dia.

Mas se você quiser, pode acompanhar as jogatinas da moça (e suas outras paixões, como uma crescente coleção de action figures) nas redes sociais TwitterFacebook e Instagram, além do canal Olakristal no YouTube. E 'streaming' ao vivo, ela não faz? "A internet aqui na zona leste de São Paulo é meio ruim, então não faço transmissão ao vivo. Mas quando me mudar lá pelo final do ano, a internet vai ser melhor e eu vou tentar fazer 'streaming' para a galera".


Fonte: UOL Notícias

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes