domingo, 15 de maio de 2016

Estadão, FCB e Disque Denúncia levantam debate sobre ‘músicas de violência’


Com o objetivo de levantar um debate sobre letras de músicas que fazem apologia à violência contra mulher, o jornal O Estado de S. Paulo, a agência FCB Brasil e o Disque Denúncia do Rio de Janeiro criaram o projeto “Músicas de Violência”.

Com a ajuda do aplicativo Shazam, que identifica músicas e letras, foram selecionadas canções nacionais e internacionais que citam abuso e violência. “O principal objetivo da campanha é convidar as pessoas a uma reflexão sobre o tema através das músicas que elas escutam. Acreditamos que a forma que encontramos para realizar a ação é, ao mesmo tempo, bem contextualizada e de impacto”, diz Flávio Pestana, diretor executivo comercial do Estadão.

Com a ação, toda vez que uma pessoa utilizar o aplicativo e identificar uma música que fale ou faça apologia à violência contra mulher, um banner surgirá na tela com a mensagem “Esta música contém violência contra a mulher”. Logo depois, o usuário ouvirá o áudio de uma mulher que sofreu o tipo de abuso que a música trata.

“Violência contra mulher é crime e com essa campanha temos a chance de usar a música e a tecnologia para levantar a questão”, defende Joanna Monteiro, CCO da FCB. “A ideia não é censurar nada, mas convidar para reflexão”, completa



Fonte: Portal Inteligemcia

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes