segunda-feira, 30 de maio de 2016

Andróginas, transexual, plus-size, quarta idade, albinos… Qual é a nova cara da moda?


“Está na hora de abrir mão de rótulos e abraçar a diversidade no mundo da moda e da mídia!”

Vejam as(os) modelos que estão estão mudando o conceito de beleza no mundo da moda e da publicidade:


Melaine Gaydos

A modelo Melaine Gaydos, de 27 anos, nasceu com uma doença genética rara chamada displasia ectodérmica, que afeta cabelo, dentes, unhas, pele, poros, cartilagem e formação óssea. Um namorado a convenceu a tentar modelar. “Ele me ajudou a entender que eu sou única pessoa que se parece comigo, que havia um potencial”, disse Melaine.




Thando Hopa

Thando Hopa é Sul-Africana, albina e advogada. Depois de 25 anos cercada pelo preconceito, resolveu aceitar a proposta do estilista Gert-Johan Coetzee e posar para sua campanha, iniciando uma promissora carreira como modelo. Natural de Joanesburgo, na África do Sul, Thando já havia sido convidada para desfilar, mas negou. “Eu pensei: ‘é uma profissão tão rasa – por que eu iria querer fazer isso?”




Lea T

Lea T é a primeira modelo transexual de destaque mundial. Está entre as 50 principais modelos da atualidade, segundo o site Models.com. Filha do craque da seleção Toninho Cerezo, Lea nasceu Leandro, e ganhou fama ao trabalhar como modelo da grife Givenchy. Morando em Milão, na Itália.




Denise Bidot

Aos 29 anos, a modelo americana, Denise Bidot é uma das mais reconhecidas modelos plus – size da atualidade, “É hora de para de se desculpar. Eu quero que as mulheres se sintam confiantes e sexy por saber que não há nada de errado em ser você mesmo. Esqueça todas as regras”, disse a modelo.




Rain Dove

A modelo americana Rain Dove nunca se encaixou idéia da sociedade de como deve ser uma “bela” modelo feminino – mas isso não a impediu de forjar uma carreira de enorme sucesso na indústria da moda. Aos 25 anos desafiou estereótipos por estrelar uma série de campanhas de moda masculina ao lado de modelos masculinos.




Myla Dalbesio

É uma modelo plus size da agencia ford artista americana de Wisconsin. “Eu quero criar alguma transparência na indústria da moda e humanizar as mulheres que trabalham dentro dela”.




Andreja PejiĆ

Pejic, 23 anos, que nasceu na Bósnia e Herzegovina antes de ir para Melbourne , começou sua carreira de modelo aos 16 anos e rapidamente ganhou reconhecimento internacional por sua aparência andrógina. Ele desfilou para Jean Paul Gautier como homem e mulher. Pejic que foi formalmente conhecido como Andrej , passou por uma cirurgia de mudança de sexo em janeiro de 2014.




Jillian Mercado

É uma modelo de 28 anos de idade com uma doença degenerativa chamada Distrofia Muscular que provoca fraqueza progressiva e perda de massa muscular . Como alguém que desenvolveu a doença na infância, Mercado já perdeu a capacidade de andar e está confinada a uma cadeira de rodas – mas isso não a impediu de desenvolver um estilo único. “Eu amo meu corpo, muito”, disse aos telespectadores em uma entrevista em vídeo a Vivala . “Eu uso o que eu quiser para vestir. Eu sou obcecada com maquiagem. Eu tenho uma vida muito, muito impressionante agora e estou muito feliz com tudo o que está acontecendo porque eu trabalhei tão duro para chegar onde estou . ” Jillian já fez campanhas para grandes marcas como a italiana Diesel. “Eu uso o que eu quiser para vestir. Eu sou obcecada com maquiagem. Eu tenho uma vida muito, muito impressionante agora e estou muito feliz com tudo o que está acontecendo porque eu trabalhei tão duro para chegar onde estou . ” Jillian já fez campanhas para grandes marcas como a italiana Diesel.




Winnie Harlow

Chantelle Brown-Young mais conhecida como Winnie Harlow é uma modelo de 21 anos. Winnie sofreu de bullying durante muitos anos devido às manchas brancas na sua pele negra, causadas pelo vitiligo, doença que causa a morte das células responsáveis pela pigmentação da pele. Ficou conhecida por participar do programa America’s next top model”, apresentado por Tyra Banks. Hoje, é modelo da marca espanhola Desigual.




Jamie Brewer

É uma atriz e modelo americana mais conhecida por seu trabalho em American Horror Story, foi a primeira modelo com síndrome de down a desfilar na Ew York Fashion week.




Elliott Sailors

Ex-musa sensual de marcas de moda praia, Elliot Sailors agora compete de igual para igual no mercado de modelos homens. Elliott apareceu de biquíni em várias campanhas. Mas em outubro do ano passado, a top resolveu fazer uma mudança radical em sua carreira. Aos 31 anos, Elliott decidiu se tornar um modelo masculino. Elliott explicou que decidiu se reinventar para se manter na carreira, já que estava se sentindo ‘velha’ para o mercado de modelos femininos.




Robyn Lawley

É uma modelo plus size australiana. Segundo Robyn, ” Já é hora de abrir mão de rótulos e abraçar a diversidade no mundo da moda e da mídia! #loveyournaturalsize”.




Carmen Dell'Orefice

Tem 84 anos é conhecida na indústria da moda por ser modelo de trabalho mais velha do mundo. Ao contrário da maioria das modelos que tem uma carreira curta, a diva Carmen Dell’Orefice já se mantém no sucesso há quase 70 anos desde que foi achada pela esposa de um fotografo ao descer de um ônibus em Nova York, aos 13 anos.




Shaun Ross

Shaun é um modelo profissional de moda afro-americano, ator e dançarino, mais conhecido por ser o primeiro modelo albino masculino. Ele tem sido destaque nas campanhas foto-editoriais nas principais publicações de moda, incluindo a britânica GQ, Vogue Italiana, i-D Magazine, Paper Pagazine e Another Man. Ele foi modelado por Alexander McQueen e Givenchy.




Alex Minsky

Minsky é um ex- fuzileiro naval que perdeu a perna em uma explosão durante o período que serviu no Afeganistão. Ele tem sido destaque em GQ e uma campanha para o mais recente filme Jogos Vorazes . Ele também é o embaixador da marca para marca LiveFit atlético.




Fonte: Portal Trendnotes / Pinterest

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes