segunda-feira, 9 de maio de 2016

Alimentação escolar e agricultura familiar podem combater a fome na África, destaca seminário da ONU


Nesta semana (2 a 4), organismos das Nações Unidas e Estados-membros discutem em Roma os novos rumos do Programa de Aquisição de Alimentos para a África – PAA África. A iniciativa visa a combater a fome no continente e estimular o crescimento econômico, combinando o fornecimento de alimentação escolar para crianças e jovens à compra de produtos de pequenos agricultores.

Criado em 2012 por uma parceria entre o Brasil, o Reino Unido, o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o PAA África já foi implementado em Moçambique, Malauí, Níger, Etiópia, Senegal, Quênia e Gâmbia.

Para avaliar os resultados óbitos até o momento, os criadores do projeto realizam o seminário “Fortalecendo Sistemas Alimentares Locais para o Crescimento Inclusivo: a expansão do PAA África” para avaliar os resultados já óbitos até o momento com o projeto.

Ao longo do encontro, serão debatidas medidas nacionais que cada país beneficiado está tomando para fortalecer a agricultura familiar e levar alimentos aos seus estudantes. Cerca de 150 participantes devem se reunir na capital italiana, incluindo representantes da Alemanha, do Canadá, dos Estados Unidos, de Portugal, da Espanha, do Haiti e da Guiné Equatorial.

A expectativa é de que o evento permita o estabelecimento de diálogos entre nações africanas e novos potenciais financiadores da iniciativa. O seminário busca ainda sensibilizar os parceiros presentes sobre a importância de transformar a alimentação escolar – através das compras locais de alimentos – em uma estratégia que alcance todo o continente africano.

Saiba mais sobre o seminário clicando aqui.


Fonte: ONU BR

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes