segunda-feira, 18 de abril de 2016

Médicos Contra as Vacinas: o outro lado da História que não está sendo contado


Os principais meios de comunicação pró indústria farmacêutica gostariam que todos acreditassem que todos os médicos e os “cientistas” concordam que as vacinas são seguras e eficazes, e que os dissidentes são pais sem instrução ou desinformados.

Não é verdade. Os médicos e cientistas que se atrevem a falar contra o status quo, colocando suas próprias carreiras em perigo por contar o outro lado da história, são naturalmente poucos, e claramente em minoria. Mas isso não significa que eles não existam. Significa apenas que eles são em menor número, porque valorizam a verdade e a saúde e o bem-estar do público mais do que as conexões financeiras com a indústria farmacêutica.

Leslie Manookian, produtora do filme “The Greater Good“, lista mais de 150 cientistas e médicos que questionaram as vacinas publicamente. Leia a lista aqui.

Abaixo, trazemos os vídeos de curta duração de três médicas diferentes que fazem todas um excelente trabalho resumindo o “outro lado” da história quando se trata de vacinas. Você não vai ouvir isso em qualquer lugar na mídia corporativa.


1. Dra. Suzanne Humphries



A Dra. Suzanne Humphries, uma médica nefrologista (médica dos rins), diz que a indústria da vacina não está dando às pessoas ambos os lados da história, e os pais precisam se informar antes de submeter seus filhos a vacinas que podem potencialmente causar danos graves ou mesmo a morte. Ela ressalta o raciocínio do governo e da indústria farmacêutica ao afirmar que “as pessoas são muito estúpidas” por considerar que as vacinas são “milagrosas“, e assim eles vão aplicar as vacinas de qualquer maneira.

Citações:

“Por que razão um ‘produto maravilhoso’ deve ser forçado sobre as pessoas?”

“Os inventores de vacinas tem escolhido um sistema de crenças em que todos os bebês nascem com o sistema imunológico deficiente (e, portanto, precisam estar a “salvos” das doenças através das vacinas).”

A Dra. Humphries afirma que a maioria dos médicos acham que a Mãe Natureza é falha. O médico não sabe como cuidar de um sistema imune, porque o médico nunca foi ensinado na escola de medicina como cuidar de um sistema imunológico. Desta maneira você acaba com uma sociedade inteira, do início ao fim, a qual não sabe como um sistema imunológico funciona, não sabe como cuidar dele, não sabe como repor os nutrientes e minerais que são necessários, não sabe como ingerir uma dieta que irá auxiliá-lo, e então quando ele falhar, “a culpa é de Deus. Precisamos de uma vacina.”

Artigos da Dra. Suzanne Humphries


2. Dra. Sherri Tenpenny


A Dra. Sherri Tenpenny é uma médica de osteopatia e a diretora e fundadora da Osteomed II, uma clínica fundada em 1996 em Ohio. A Dra. Tenpenny fala sobre a falta de estudos de segurança realizados sobre as vacinas, apontando que os estudos são realizados em indivíduos saudáveis ​​que não são representativos de uma grande parte da sociedade a qual são dadas as vacinas. As pessoas que estão cronicamente doentes e estão tomando muitos tipos diferentes de medicamentos nunca são estudadas.

A Dra. Tenpenny também discute se as vacinas são ou não eficazes, apontando a diferença entre os “anticorpos da vacina” e a imunidade natural. Ela ajuda as pessoas a compreender que, quando a afirmação for feita dizendo que as “vacinas são eficazes“, isso simplesmente significa que efetivamente criou um “anticorpo” para uma doença específica, mas não que ela provou impedir a pessoa de contrair essa doença. Ela discute o crescente número de casos nos EUA, onde os surtos de doenças estão ocorrendo entre as populações vacinadas que foram totalmente vacinadas contra a doença da qual elas estão sofrendo.

Artigos da Dra. Sherri Tenpenny


3. Dra. Meryl Nass


A Dra. Meryl Nass é uma MD (Doutor em medicina) em medicina interna. Nesta entrevista (em inglês), ela expõe a porta giratória que existe entre as empresas farmacêuticas que fabricam as vacinas e o governo dos EUA. Ela cobre a controversa Gardasil e diz: “Meninas saudáveis ​​não morrem de repente“. A Dra. Nass é também uma especialista na vacina contra o antraz e Síndrome da Guerra do Golfo.


Médicos Brasileiros

Acrescentamos a esta lista também alguns médicos brasileiros que se posicionaram contra às vacinações em massa da gripe suína e do HPV:

Eno Dias de Castro Filho
Médico e doutor em epidemiologia
O médico e doutor em epidemiologia Eno Dias de Castro Filho disponibilizou o artigo “Uma avaliação crítica sobre a vacina do HPV, introduzida pelo Ministério da Saúde” que se tornou viral. É um excelente artigo, com inúmeras referências e estudos, que demonstram que o alarde em torno da eficácia da vacina é exagerado, como também que ela não é segura como anunciado pelo governo e pela indústria farmacêutica.
Leia mais em Artigo Médico: Avaliação Crítica Sobre a Vacina do HPV

Daniel Becker
Pediatra, fundador e conselheiro do Centro de Promoção da Saúde e pioneiro da Pediatria Integral no Brasil
Em seu artigo ele fala sobre as ligações da indústria e governo, o marketing agressivo da vacina, sua real necessidade e eficácia, e sobre os seus perigosos riscos.
Leia mais em Vacina contra o HPV: Nem Tudo que Reluz é Ouro

Rodrigo Lima
Médico de família e comunidade
No último congresso de prevenção quartenária, em novembro último, o médico de família e comunidade Rodrigo Lima fez uma apresentação sobre os senões da vacina contra o HPV. Desde então, o assunto tem repercutido nas redes sociais e em grupos de discussão sobre saúde da família.
Leia mais em Os Senões da Vacina Contra o HPV

Carlos Reis
Médico
Carlos Reis, no artigo abaixo, fala sobre a influência da indústria farmacêutica sobre os órgãos de saúde, e o conflito de interesse dos órgãos que decidiram sobre os critérios de pandemia no caso da gripe suína.
Leia mais em [Carta de um médico] Gripe Suína: Admirável Gado Novo

Celso Paoliello Pimenta
Médico especializado em Saúde Pública pela ENSP, tendo feito mestrado e doutorado em Saúde Coletiva pela UERJ.
CRMMG 8153
Em carta enviada ao blog Vi o Mundo, Celso coloca em suspeita a necessidade da vacina contra a gripe suína, citando a baixa letalidade e questionando a necessidade da vacinação em massa.
Leia mais em Carta de Médico Contrário a Vacinação

Dr. Alessandro Loiola
Formado em Medicina pela Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, com especialização em Cirurgia Geral pela Fundação Educacional Lucas Machado (Belo Horizonte/MG)
Leia mais em Dr. Alessandro Loiola: A Vacina contra H1N1: Notícias Direto do Úbere de Blossom


Fonte: Portal Notícias Naturais

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes