domingo, 24 de janeiro de 2016

DESIGUALDADE: 62 pessoas têm o mesmo dinheiro que metade mais pobre da população mundial


As 62 pessoas mais ricas do mundo (53 homens e nove mulheres) têm tanto capital quanto a metade mais pobre da população mundial, algo em torno de 3,6 bilhões de pessoas.

O dado chocante foi divulgado nesta segunda-feira (18) pela ONG britânica Oxfam. A descoberta mostra um crescimento galopante da desigualdade no mundo: há cinco anos, a riqueza de 388 pessoas era equiparada à metade mais pobre do mundo.

"O fosso entre a parcela dos mais ricos e o resto da população aumentou de forma dramática nos últimos 12 meses", diz relatório.

A divulgação dos dados, dois dias antes do início do Fórum Econômico Mundial de Davos também não é coincidência: a Oxfam pede a ação dos países em relação a essa realidade e o Fórum, onde se encontram líderes políticos e representantes das empresas mais influentes do mundo pode ser o campo ideal para o começo da mudança.

Para combater o crescimento das desigualdades, a Oxfam recomenda o fim da "era dos paraísos fiscais", acrescentando que nove em dez empresas que figuram entre "os sócios estratégicos" do Fórum Econômico Mundial de Davos "estão presentes em pelo menos um paraíso fiscal".

A Oxfam afirma que acabar com os paraísos fiscais fará com que governos tenham mais recursos para combater a pobreza e a desigualdade.

Além disso, a organização defende mais duas abordagens: maiores investimentos em serviços públicos e salários mais altos àqueles mal remunerados.

"Devemos abordar os governos, as empresas e as elites econômicas presentes em Davos para que se empenhem a fim de acabar com esta era de paraísos fiscais, que alimenta as desigualdades globais", diz Winnie Byanyima, diretor-geral da Oxfam International, que estará em Davos.

Líderes proeminentes como o papa Francisco e Christine Lagarde, diretora do FMI, já pediram por ações que revertam o curso da desigualdade, mas, segundo a Oxfam, os discursos não tem se revertido em ações. Tanto que a previsão da organização, que o 1% mais rico da população superaria os 99% restantes em termos de receitas no ano de 2016 se concretizou um ano antes do esperado.


Fonte: Brasil Post

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes