domingo, 8 de novembro de 2015

Mudança climática pode levar 600 milhões à desnutrição até 2080, diz especialista da ONU


As mudanças climáticas representam ameaças graves e distintas para a segurança alimentar e podem sujeitar um adicional de 600 milhões de pessoas à desnutrição até 2080, uma especialista em direitos humanos da ONU alertou na última terça-feira (3).

“O aumento da frequência e intensidade de condições meteorológicas extremas, aumento das temperaturas e dos níveis do mar, assim como as cheias e as secas têm um impacto significativo sobre o direito à alimentação”, disse a relatora especial da ONU sobre o direito à alimentação, Hilal Elver.

“Todos estes incidentes climáticos causarão um impacto negativo nas colheitas, pecuária, pesca, aquicultura e nos meios de vida das pessoas”, acrescentou, advertindo que responder à demanda de alimentos através de modelos de produção agrícola de grande escala não é a solução certa.

Elver ressaltou também que “são necessárias medidas urgentes para responder aos desafios colocados pelas alterações climáticas, mas as políticas de mitigação e adaptação devem respeitar o direito à alimentação, bem como outros direitos humanos fundamentais”.


Fonte: ONU

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes