domingo, 4 de outubro de 2015

Políticas públicas ligadas à agricultura familiar podem erradicar a fome na América Latina, diz FAO


De acordo com relatório publicado na última quinta-feira (1) pela Organização da ONU para Alimentação e Agricultura (FAO), programas de compras públicas da agricultura familiar são nova ferramenta para combater a fome. A publicação Compras públicas da agricultura familiar e a segurança alimentar e nutricional na América Latina e Caribe exibe observações e experiências de países da região que usaram essa política pública.

“Nos últimos anos, estes programas têm passado a ser uma parte integral das políticas de segurança alimentar e nutricional da região já que permitem garantir o direito à alimentação, melhorar a vida dos mais vulneráveis e promover o desenvolvimento local”, disse o Representante Regional da FAO, Raúl Benítez.

No Brasil, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) beneficiam cerca de 450 mil agricultores familiares por ano, injetam anualmente 700 milhões de dólares neste setor e proporcionam alimentos a 65 milhões de pessoas.

Programas de compras públicas da agricultura familiar também podem reduzir os custos das refeições devido ao menor gasto com transporte. No Paraguai, por exemplo, depois de escolas fecharem acordo com agricultura familiar, com o mesmo orçamento, os colégios passaram a fornecer 7.000 refeições em vez de 4.500.


Fonte: ONU

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes