domingo, 11 de outubro de 2015

Desmantelada na Espanha rede que levava migrantes chineses à Europa


A polícia espanhola anunciou neste sábado (10/10) o desmantelamento de uma suposta rede de tráfico de pessoas que introduzia ilegalmente na Europa imigrantes procedentes da China em troca de 20 mil euros, em uma operação que terminou com 89 detidos.

"A Polícia Nacional deteve 89 pessoas" supostamente pertencentes a "um esquema criminoso dedicado ao tráfico ilegal de seres humanos", informou o ministério do Interior em um comunicado.

"A rede era formada por pessoas de nacionalidades chinesa e paquistanesa", informou, sem detalhar as nacionalidades dos detidos.

A investigação foi iniciada devido a várias detenções em aeroportos espanhóis de pessoas de origem asiática que pretendiam embarcar em voos com passaportes falsificados de lugares como Macau, Hong Kong, Coreia do Sul, Japão, Malásia, Cingapura e Taiwan.

Segundo os investigadores, a organização utilizava a Espanha como "país de trânsito", onde as vítimas residiam em apartamentos precários "à espera da documentação falsificada", antes de continuar sua viagem a destinos como Reino Unido, Irlanda, Canadá e Estados Unidos.

A organização "captava suas vítimas na China e lhes prometia chegar a qualquer país em troca de uma quantidade de dinheiro que variava em função do destino solicitado e dos meios utilizados", explicava o comunicado, informando que a média era em torno de 20 mil euros (US$ 22.700).


Fonte: Diário de Pernambuco

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes