segunda-feira, 6 de abril de 2015

Policiais do Rio serão capacitados para atender população LGBT

Os policiais do Rio de Janeiro terão que fazer capacitação sobre o atendimento à população LGBT para poder avançar na carreira. De acordo com o subsecretário de Educação, Valorização e Prevenção da Secretaria de Segurança, Pehk Jones, as vídeo-aulas voltadas para a proteção dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros deverão ser pré-requisitos obrigatórios para policiais civis e militares conseguirem promoções.

O objetivo é tratar de temas relacionados a direitos humanos, democracia, cultura e cidadania.

Sonora: "A nossa Constituição ela não permite a discriminação de quem quer que seja por suas convicções religiosas, por sexo, por cor, e o que nós queremos é fazer com que esses cursos modulares sejam pré-requisitos para eventuais promoções".

O curso à distância ainda não tem data para ser lançado, mas a previsão é que seja aplicado ainda neste primeiro semestre. A qualificação presencial para atendimento ao público LGBT existe desde 2009. A ação é uma parceria entre a Secretaria de Segurança e o Programa Estadual Rio Sem Homofobia, da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.


Fonte: Agência Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes