segunda-feira, 16 de março de 2015

Após faixa pedir um ‘basta de Paulo Freire', ONU divulga mensagem aos que dispensam ensinamentos de Paulo Freire


Em meio a uma coleção de faixas estapafúrdias que ilustraram uma parte dos protestos contra a presidente Dilma Rousseff (PT) neste domingo (15), uma chamou a atenção: “Chega de doutrinação marxista. Basta de Paulo Freire”.
Kkkk sobrou p o Paulo Freire... pic.twitter.com/mslv5TS61g
— Naná da Nanda (@Adnanref26) 16 março 2015
Para quem não sabe, o pernambucano Paulo Freire foi um educador e filósofo brasileiro e que possui influência na educação não só no Brasil, mas em todo o mundo, tendo sido homenageado por instituições como Harvard, Cambridge e Oxford. Desde 2012, ele é considerado o Patrono da Educação Brasileira.

Conhecido pela sua ‘pedagogia da libertação’, a qual estava relacionada a uma visão marxista do Terceiro Mundo, Freire foi preso durante a ditadura militar e teve a publicação de algumas de suas obras barrada pelo regime que durou 21 anos (entre 1964 e 1985) no Brasil.

A ONU aproveitou a rejeição de parte dos manifestantes deste domingo às contribuições de Freire para publicar, em sua página do Facebook, uma frase conhecida do educador. E ela elucida bem o que ele dizia com a educação ser “um ato político”.


No Twitter, outras frases famosas de Freire também apareceram por meio de outras pessoas que não resumem as contribuições dele ao maniqueísmo da esquerda contra a direita, ou do capitalismo contra o comunismo.
"Quando a educação não é libertadora, o sonho do oprimido é ser o opressor". Paulo Freire
— Flavius (@Flavius08) 16 março 2015

já dizia o Paulo Freire ''se a educação sozinha não pode transformar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda''
— bruna (@Brunamariina) 16 março 2015

“A través de la manipulación, las élites dominadoras intentan conformar progresivamente las masas a sus objetivos.” Paulo Freire
— Raul Rodriguez (@RaulRP100) 16 março 2015

"La humildad nos ayuda a reconocer esto: nadie lo sabe todo, nadie lo ignora todo. Todos sabemos algo, todos ignoramos algo" (Paulo Freire).
— Manuel Velasco (@manelvelasco) 16 março 2015

...No hay palabra verdadera que no sea unión inquebrantable entre acción y reflexión...Paulo Freire...
— Eliseo Bermejo (@Eliseo_Bermejoj) 16 março 2015

aprender no es el acto de consumir ideas, sino de crearlas y recrearlaas.
Paulo Freire...
— ♥yaaamii♥ (@yaamiifloores) 16 março 2015

How can I dialogue if I regard myself as a case apart from others--mere "its" in whom I cannot recognize others "I's". - Paulo Freire
— AB2 (@storiesbyab2) 16 março 2015

Paulo Freire morreu em 2 de maio de 1997 aos 75 anos, mas sua obra não foi esquecida, seja por quem o aprecia, seja por quem não o suporta.


Fonte: Brasil Post

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes