segunda-feira, 28 de abril de 2014

Semana dos povos reuniu indígenas do Brasil e EUA para troca de experiências

Em razão das comemorações do Dia do Índio, celebrado no dia 19 de abril, começou na terça-feira passada, 22 de abril, a Semana dos Povos Indígenas, em Fortaleza, Estado do Ceará, que reuniu artistas e índios do Brasil e dos Estados Unidos, destacou as tradições, rituais e artes dos povos indígenas. A atividade foi uma iniciativa do Movimento de Saúde Mental Comunitária do Bom Jardim (MSMCBJ) e parceiros. O evento foi realizado até a sexta-feira, 25.

As atividades foram gratuitas, abertas ao público e promoveram as manifestações indígenas na arte da dança e canto, além de rodas de conversas com os líderes indígenas das tribos Pitaguary, Tremembé, Anacé, Jenipapo Kanindé, Tapeba e Pataxó, do Brasil, e Lakota Sioux dos Estados Unidos. O evento promoveu, além de manifestações culturais indígenas, debates e reflexões sobre espiritualidade, sabedoria ancestral e a convivência entre os povos.

A Semana dos Povos Indígenas promoveu oficinas de interação cultural com cantos indígenas, apresentação de rituais e danças, filtro dos sonhos, construção de instrumentos de sopro e um concurso de criação artística voltado para crianças da escola indígena Pitaguary. Apresentações do grupo "Ame o Canto”, do músico Yuri Aymara e das crianças do Projeto "Sim à Vida” foram confirmadas na programação.

As atividades foram realizadas no bairro Bom Jardim, em Fortaleza, e nas aldeias Pitaguary, localizadas nas regiões metropolitanas do Distrito Industrial de Maracanaú e Pacatuba, cidades próximas à capital cearense.

O presidente do MSMCBJ, padre Rino Bonvini, convidou os líderes indígenas estadunidenses Lakota Sioux, Adam Little Elk, e seu filho, Woopila Badhand, para participarem do evento e contribuírem com a integração cultural. Representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai), da Associação Missão Tremembé e do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) também estiveram presentes durante as atividades da Semana.

A MSMCBJ é uma organização cearense que está ligada às Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e promove, através da Semana dos Povos Indígenas, a exaltação da cultura indígena nas suas mais variadas expressões artística, além de promover o encontro entre pajés, caciques e apoiadores do movimento indígena para a discussão de alternativas com vistas à preservação dos costumes e direitos da população indígena.

Para saber mais sobre a programação diário do evento acesse:

http://www.msmcbj.org.br/sn/noticias/semana-indigenas


Fonte: Adital

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Facebook Favoritos

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes